Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

H URB Imobiliária - Blogue

Todas as informações sobre o mercado imobiliário e sobre a H URB num só local.

Seg | 21.05.18

Faturas com "prato do dia" dão multa

shangyou-shi-543887-unsplash.jpg

 

A restauração não pode emitir faturas simplificadas com a descrição "prato do dia" ou "fruta do dia". O Fisco considera este tipo de descrições incoretas e pode dar origem a multas. 

Numa informação vinculativa divulgada a semana passada, a Autoridade Tributária (AT) refere que os estabelecimentos têm de "separar os pratos das bebidas e a descrição do serviço prestado aos clientes tem de ser suficientemente precisa para se poder determinar, nomeadamente em sede de inspeção, qual a taxa de IVA aplicável.  

No caso dos menus, a AT diz que "o valor tributável deve ser repartido por várias taxas", sendo que, quando não é feita tal repartição, aplica-se a taxa de IVA mais elevada (23%) à totalidade do serviço. 

Este esclarecimento por parte do Fisco surge depois de um pedido de esclarecimento por parte de um restaurante/bar que foi alvo de inspeção e de um processo de contra-ordenação em julho de 2017. Segundo o portal Idealista, o estabelecimento emitia faturas incorretamente contendo a designação "prato do dia" e a respetiva taxa de 13%, sendo que as bebidas e sobremesas eram faturadas à parte. A AT considerou ser uma infração à lei devido a omissões ou inexatidões de elementos obrigatórios. O estabelecimento pagou a multa e pediu esclarecimentos à AT. 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.